sábado, 11 de maio de 2013

energia dos alimentos 1


Texto: Alimentos Todos os Dias

Assim como todo ser vivo, nós também precisamos de alimentos.
Quando colocamos um alimento na boca, inicia-se um processo chamadodigestão.
Por meio da digestão, o corpo retira dos alimentos os nutrientes necessários para realização de todas as atividades.
O estômago e os intestinos são alguns dos órgãos que realizam a digestão dos alimentos. Esses órgãos se localizam na parte interna do abdome (barriga).
Os elementos que não são aproveitados pelo organismo são eliminados na forma de fezes.

9º PLANO DE AULA

Organizar os Conhecimentos

Texto: Uma Dieta Saudável e Equilibrada

Dieta é a forma de organizar os tipos de alimentos e as quantidades dos alimentos que precisamos comer. A palavra dieta também é usada para designar tudo aquilo que se come diariamente nas várias refeições.

Uma dieta é saudável e equilibrada quando contém todos os grupos de nutrientes na proporção adequada. Além disso, uma dieta ideal deve levar em conta o tipo de pessoa que irá consumi - lá: atletas, pessoas doentes, grávidas, criança, idosos, etc.

Os alimentos ricos em carboidratos, proteínas, vitaminas e sais minerais devem ser consumidos em maior quantidade do que os alimentos ricos em lipídios. Além disso, os doces devem ser consumidos com moderação.

PIRÂMIDE ALIMENTAR

Pesquisadores da Ciência da alimentação e nutrição criaram um esquema para orientar os tipos e as quantidades dos alimentos para uma dieta equilibrada.


Conselhos Para Uma Dieta Saudável

1. Tomar um café-da-manhã com frutaspãesleite e derivados, para recuperar as energias gastas desde a última refeição da noite anterior e ganhar energias para as atividades do dia.
2. Em cada refeição, procurar incluir alimentos variados, de origem vegetal, animal e mineral.
3. Preferir frutas e hortaliças a doces e guloseimas.
4. Consumir com moderação os alimentos ricos em lipídeos.
5. Beber de 6 a 8 copos de água durante o dia.
6. Consumir sal e açúcar com moderação.
Comer Para Quê?

Os seres humanos são seres vivos e, portanto, necessitam de alimentos. Os alimentos são uma fonte de energia necessária para a sobrevivência e o desenvolvimento dos seres vivos. No caso dos seres humanos, a energia de que o corpo precisa vem dos nutrientes que existem nos alimentos. Os nutrientes também são a matéria-prima que o corpo utiliza para crescer e para cicatrizar feridas e machucados. Por tudo isso, é necessário manter uma dieta saudável e equilibrada.

A Origem dos Alimentos

Os seres humanos são de origem animais onívoros, ou seja, alimentam-se de plantas e de outros animais. Os alimentos têm origens diferentes:
• Alimentos de origem animal: são obtidos a partir dos animais, comocarnesleitequeijos e ovos.
• Alimentos de origem vegetal: são obtidos a partir das plantas, comosementesraízesfrutos e folhas.
• Alimentos de origem mineral: são obtidos a partir de elementos não-vivos. São o sal e a água.

Os Nutrientes

Nutrientes são substâncias existentes nos alimentos e necessárias à vida. Os nutrientes são os carboidratos, os lipídeos, as proteínas, as vitaminase os sais mineraisTodos são necessários, em quantidades adequadas, para manter a saúde.

6º PLANO DE AULA

Texto: História em Quadrinhos


5º PLANO DE AULA

Texto: Alimentos Limpos

Os microrganismos estão em todos os lugares: no solo, no ar e até nos alimentos. Mesmo um alimento aparentemente limpo deve ser lavado antes de ser consumido, pois pode ter muitos microrganismos que a gente não vê. É preciso ter cuidado especial com a limpeza dos alimentos que serão ingeridos com casca ou folhas. A água utilizada para lavar os alimentos deve ser tratadafiltrada ou fervidaAlém dos alimentos, os utensílios usados para cozinhar devem ser limpos.

4º PLANO DE AULA

Texto: Que Horta

Que horta genial!
Que horta de artista!
Colheita especial
Produção nunca vista!
Ervichofra e palmipolho
Rabamate e pepigrão
Deu na horta do Zimpão...
Diz agora, se é capaz
De que as frutas e verduras
Resultam travessuras
Como estas que aqui estão
De Zimpolho e Zimpão!

Tatiana Belinky.
Alimentação Saudável

O Ministério da Saúde elaborou os dez mandamentos da alimentação saudável, com as atitudes que devem ser seguidas no dia-a-dia para garantir uma alimentação em equilíbrio. Veja a seguir:
1 – Comer frutas e verduras. Por serem alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibras.

2 – Para cada 2 colheres de arroz, comer 1 de feijão. Esses dois alimentos se complementam, principalmente no que diz respeito às proteínas (a proteína que falta em um, tem no outro e vice versa).O hábito bem brasileiro de comer o arroz com feijão tem sido bastante recomendado!

3 – Evitar gorduras e frituras. Comer em excesso alimentos ricos em gorduras, pode provocar o aparecimento de doenças como a obesidade, doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes.

4 – Usar 1 lata de óleo para cada 2 pessoas da casa por mês. Essa medida serve para a pessoa ter uma idéia da quantidade de óleo que deve ser usada no preparo dos alimentos. O importante é não correr o risco de usar óleo demais.

Evitar longos períodos em jejum. O melhor é comer mais vezes por dia, mas em menores quantidades (aumentar a frequência e diminuir o volume). Quem fica muitas horas sem se alimentar acaba sentindo bastante fome e comendo exageradamente o mesmo acontece com quem não tem hora certa para comer ou pula uma das refeições.

6 – Comer com calma e não na frente da TV. Quando a pessoa come com pressa, além de não saborear o alimento, demora mais tempo para ficar satisfeita e por isso come mais. É como se ela não desse tempo suficiente para o organismo perceber a quantidade de alimento ingerida. Comer e assistir à televisão ao mesmo tempo faz com que a pessoa se distraia e não controle a quantidade de alimentos que está consumindo. Além disso, as propagandas de produtos alimentícios despertam ainda mais o apetite e, por consequência, a gula.

7 – Evitar doces e alimentos calóricos. É importante observar não só a quantidade, mas também a qualidade dos alimentos, pois muitos deles são pobres em nutrientes e ricos em calorias – em geral os doces e alimentos gordurosos. Comer exageradamente esses alimentos facilita o surgimento de doenças como a obesidade, diabetes e doenças do coração, entre outras.

8 – Comer de tudo, mas caprichar nas verduras, legumes, frutas e cereais. Não é preciso cortar nenhum alimento da dieta. Basta prestar atenção nas quantidades e dar preferência aos alimentos ricos em nutrientes, ao invés de calorias. Importante ainda é não esquecer dos sagrados 8 copos de água por dia.

9 e 10 – Atividade física: duração e frequência. O ideal é fazer um pouco de atividade física todos os dias. Você não precisa ficar várias horas se exercitando e suando sem parar. Pegar pesado é para atletas. Cada um deve procurar uma atividade que lhe agrade, convidar um amigo para se sentir incentivado e buscar a orientação de um professor de Educação Física. O que não pode é ficar parado!

Fonte: Ministério da Saúde

Texto: Cuido de mim

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Os alimentos fornecem energia para realizar muitas atividades. Você precisa de energia para caminhar, para brincar e até para pensar. Enquanto você lê esse texto, a energia dos alimentos é utilizada!  A energia pode ser fornecida principalmente pelos alimentos ricos em carboidratos. Os alimentos ricos em proteínas são necessários para seu corpo crescer e se reconstituir. Já as vitaminas e os sais minerais garantem o equilíbrio das atividades que ocorrem no corpo. Uma alimentação saudável é aquela que é equilibrada e suficiente. Comer bem não significa comer muito! É necessário ingerir alimentos que contenham todos os tipos de alimentos. Por isso é importante que nossas refeições sejam variadas e em quantidades adequadas.
Texto: Dieta Embarcada 


Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil na época em que os navegadores saiam como suas embarcações em busca de novos territórios. Essas viagens duravam muitos meses. Era comum que os tripulantes adoecessem por falta de alimentos de origem vegetalLeia, a seguir, um texto que conta um pouco dessa história.

“Durante essas travessias, meses e meses de solidão do mar, o cardápio atendia praticamente mesmo a nutrição que à manutenção vital. Carne-secasalgadapeixes em salmoura, guardados em barril, algum vinhovinagre,salcebola ou alhocondimentadores, e o biscoito, conduto essencial e único. Nas raras vezes em que traziam pão, este, abolorecia com certa rapidez, fazendo-se intragável. A ausência de frutas, legumes e doces.”
Crescimento Saudável

Para viver, o ser humano precisa se alimentar, pois cada alimento fornece ao organismo substâncias indispensáveis ao crescimento do corpo e a manutenção da vida. Essas substâncias são denominadas NUTRIENTES.Os nutrientes que os alimentos podem fornecer são: Proteínas,CarboidratosLipídiosVitaminasSais MineraisÁgua e Fibras.

Podemos separar os alimentos em grupos:

Alimentos como pãesboloscereaisraízes e tubérculos tem carboidratos e fornecem energias para as atividades do dia a dia. Os carboidratos também são conhecidos como açucares.

Manteigamargarinaóleosazeites contém lipídios, também conhecidos como óleos e gorduras. Esses nutrientes são necessários, porem devem ser consumidos em pequenas quantidades.

Frutas e hortaliças são exemplo de alimentos que contém, vitaminas e sais minerais.

As proteínas ajudam a formar os músculos, o cabelo, a pele e podem ser encontradas em alimentos como carneleite e derivadosfeijãosoja eervilha.

Alimentos de origem vegetal, como as hortaliças, apresentam fibras, que auxiliam no funcionamento do intestino.

Para uma alimentação equilibrada,
procure comer porções de cada um dos grupos,
virando-os durante os dias da semana
e evite o consumo excessivo de alimentos
que contenham lipídeos e açúcares.

Para manter uma boa saúde
procure ingerir alimentos variados e beber bastante água.
ORGANOGRAMA

LISTA DE ALIMENTOS
Fazer uma lista de alimentos que:
ANÁLISE DE TEXTO - QUESTÕES

PESQUISA DE RECEITA SAUDÁVEL

CRIPTOGRAMA

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

CRUZADINHA


Introdução

Pensando em explorar o projeto pedagógico da escola e abranger os temas a serem desenvolvidos no decorrer do ano, buscando focar o projeto Alimenta Elias, surge o subprojeto, ALIMENTAÇÃO, com o objetivo de ampliar a questão de se alimentar na escola para uma questão de consciência e saúde na hora de comer.
Este subprojeto vem de encontro ao projeto da unidade que visa uma alimentação saudável no horário de aula e para desenvolver bons hábitosnos educandos, é preciso trabalho, prática e conscientização e é isso que buscarei atingir com este trabalho.

Objetivo Geral

- Desenvolver a consciência da importância de uma alimentação saudável.

Objetivos Específicos

- Diminuir o desperdício de alimentos;

- Introduzir e conscientizar que o horário de almoço é momento de aula e aprendizagem dos educandos;

- Perceber que uma alimentação saudável na infância lhes garantirá uma vida mais saudável e duradoura.

Justificativa

A partir da Proposta Pedagógica da unidade escolar, surge a necessidade de considerar o projeto para trabalhar interdisciplinarmente o assunto, abrangendo os diversos conteúdos que envolvem esse tema.Considerando essa abordagem, deve-se pensar em uma maneira de utilizar essas diferentes linguagens de forma a possibilitar a construção de saberes para a atuação dos alunos no mundo de hoje. Sendo assim, o subprojeto ALIMENTAÇÃO deverá viabilizar a aquisição de saberes integrados de modo interativo, numa construção coletiva e isso poderá ser efetivado com a utilização de eixos integradores significativos para sua atuação na vida social e escolar dos educandos.

Metodologia

As atividades serão desenvolvidas interdisciplinarmente, focando o tema alimentação em todos os eixos integradores dos conteúdos necessários para a série em questão. Deverá ser explorado o horário de almoço como principal recurso prático para enriquecimento do tema a ser trabalhado. Pesquisa relacionada ao assunto, também será desenvolvida para ampliar as fontes de informação.

Recursos

O projeto supracitado propiciará de forma relevante a utilização de recursos, explorados dentro das áreas de conhecimento trabalhadas em sala de aula, como:
- Cartazes informativos;
- Registros fotográficos;
- Pesquisas sobre o assunto;
- Textos informativos;
- Atividades relacionadas ao tema;
- Jogos educativos;
- Portfólio;
- entre outros.

Avaliação

A avaliação ocorrerá continuamente, de maneira processual, formativa e mediadora por meio da participação dos alunos nas atividades propostas e dos registros realizados no decorrer das aulas. Tendo como produto final a produção de portfólio, será possível a auto-avaliação, destacando os objetivos atingidos e ressaltando aqueles que ainda deveremos buscar atingir.


Aprendendo Com Saúde

Programa criado pelas Prefeitura da Cidade de São Paulo em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde e Secretaria Municipal da Educação, para detecção precoce e tratamento de agravos à saúde bucal, que de algum modo possam prejudicar o desenvolvimento e o bom desempenho escolar. Desenvolvido pela equipe de saúde bucal através de atividades preventivas e curativas, como exame clínico, orientação educativa, escovação dentária supervisionada com creme dental fluoretado e aplicação tópica de Flúor quando necessário. Além de Tratamento Restaurador Atraumático (ART) no próprio espaço escolar ou encaminhamento à Unidade Básica de Saúde de referência da residência do aluno.

As escolas públicas municipais de ensino fundamental foram visitadas por equipes médicas do Programa Aprendendo com Saúde para avaliar a saúde bucal dos alunos na própria escola. Eles receberam "orientações lúdicas" sobre a escovação correta e os cuidados para prevenir cáries abordando hábitos e alimentação. O Programa incluiu também palestras sobre temas como alimentação saudável e higiene pessoal.

A coordenação do programa comemora a ampliação do Programa com resultados positivos e aumento no número de atendimentos. Os objetivos vão desde o diagnóstico precoce de problemas, o estímulo a comportamentos e hábitos saudáveis de alimentação e escovação, até a prevenção de doenças transmissíveis e orientações sobre as conseqüências do hábito de fumar.

O Programa foi ampliado para atender mais crianças. Foram implantadas equipes móveis de Saúde Bucal, cada uma com um cirurgião dentista, dois técnicos de higiene dental e três auxiliares de consultório dentário, que auxiliam nas atividades de tratamento e prevenção de cáries.
 fonte: saude.prefeitura.sp.gov.br/

Não se esqueçam, a alimentação começa pela boca...que tal uma boca saudável para ter uma boa alimentação??????


NUTRIÇÃO

Nutrição
Você sabe quais são os principais grupos de alimentos?
Os alimentos são essenciais na nossa vida, eles são responsáveis pela construção, manutenção e funcionamento do nosso corpo.
Os alimentos podem ser divididos em três grupos principais:
1. Alimentos energéticos: fornecem a energia para o corpo se movimentar, trabalhar e realizar as atividades cotidianas. São os alimentos que contém carboidratos e gorduras. Exemplos: óleo, azeite, pão, macarrão, açúcar, mel e doces.
2. Alimentos construtores: ricos em proteína, ferro e cálcio, são responsáveis pela manutenção e pela construção do corpo. Também formam os hormônios, as enzimas e os anticorpos. Exemplos: leites e derivados, carne, peixe, frango.
3. Alimentos reguladores: Com vitaminas, minerais e fibras, são responsáveis pelo funcionamento do corpo. Entre suas tarefas estão facilitar a digestão, aumentar a resistência às infecções, proteger a pele, a visão e os dentes. Exemplos: frutas, verduras e legumes.
Dentro dos grupos dos alimentos reguladores encontramos as vitaminas e os sais minerais.
Além de todos esses alimentos e nutrientes, não podemos esquecer de citar a água. A água é essencial para o corpo. É tão importante que constitui cerca de 70% do nosso peso. Até os nossos ossos têm água, e tudo aquilo que comemos, dos animais aos vegetais. Verduras e legumes são especialmente ricos em água e sais minerais. Algumas frutas, como o melão e a melancia, têm quase 90% de água e suprem boa parte da necessidade hídrica do corpo.

VITAMINAS

Vitaminas
Você sabe o que são vitaminas?
As vitaminas são substâncias químicas de que o nosso corpo necessita, mas que não consegue produzir por si só, ou na quantidade suficiente. As vitaminas precisam ser extraídas dos alimentos, mas pequenas quantidades já são suficientes para suprir as nossas necessidades diárias.
Conheça algumas vitaminas:
A: Ela previne doenças como cegueira noturna e fortalece o sistema imunológico. Encontramos em: óleo de fígado de bacalhau, fígado de boi, cenoura, salsa, ervilha, couve, mostarda, taioba, mamão, laranja, banana, manga e goiaba.
B12 ou cobalamina: Prevenção de anemia, lesões da pele e problemas do sistema nervoso. Encontramos em: arroz integral, nozes, fígado, semente de girassol.
C ou ácido ascórbico: Aumenta a resistência às hemorragias e às infecções, além de prevenir o escorbuto e facilitar na cicatrização. Encontramos em: acerola, laranja, lima, limão. caju, goiaba, morango, banana, mamão, tomate, couve e kiwi.
D: Prevenção da osteoporose. Encontramos em: óleo de fígado de peixes, leite, manteiga e gema de ovo.
E: Alívio da fadiga; retardamento do envelhecimento; prevenção de abortos espontâneos e cãibras nas pernas. Encontramos em: germe de trigo, nozes, carnes, amendoim, óleo, gema de ovo.

SAIS MINERAIS

Você sabe o que são sais minerais?
Assim como as vitaminas, os sais minerais ajudam em todo o funcionamento do nosso organismo.
Conheça alguns sais minerais:
Cálcio: Mantém firme os ossos.
Encontramos em: queijo, leite, nozes, uva, cereais integrais, nabo, couve, chicória, feijão, lentilha, amendoim, castanha de caju.
Fósforo: Prevenção de pedras nos rins; tratamento de diabetes.
Encontramos em: carnes, miúdos, aves, peixes, ovo, leguminosas, queijo, cereais integrais.
Ferro: Tratamento de anemia e cólicas menstruais, importante para a respiração celular.
Encontramos em: fígado, rim, coração, gema de ovo, leguminosas, verduras, nozes, frutas secas, azeitona.
Flúor: Prevenção de cáries dentárias e osteoporose.
Encontramos em: agrião, alho, aveia, brócolis, beterraba, cebola, couve-flor, maçã, trigo integral.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Você sabe como ter uma alimentação
saudável?
Alimentação saudável
Uma alimentação saudável é aquela equilibrada, que contém diferentes alimentos em quantidade suficiente 
para o crescimento e manutenção do organismo. A alimentação influencia diretamente na saúde, no trabalho, no estudo, no lazer e no tempo de vida das pessoas.
Fique esperto:
Coma pelo menos um alimento de cada grupo em cada refeição. Quanto mais variada sua alimentação, mais saudável 
ela será. Evite o uso freqüente de alimentos gordurosos (frituras, torresmo, pele de frango, couro de peixe, banha, carne de porco). Consulte um nutricionista.

PIRÂMIDE ALIMENTAR

Você sabe o que é uma pirâmide alimentar?
A pirâmide alimentar é uma divisão dos alimentos em seis grupos, e indica a forma correta de se alimentar de forma balanceada.
Os grupos da Pirâmide Alimentar são:
Grupo dos alimentos energéticos formado por:
- Carboidratos - esses alimentos, ricos em carboidratos, são a principal fonte de energia para o nosso corpo. Por isso os carboidratos devem ser consumidos em várias refeições. Exemplos de alimentos ricos em carboidratos: cereais, pães, arroz, macarrão, batata, mandioquinha.
- Gorduras - é necessário consumir uma pequena quantidade de gordura, porque as gorduras também fornecem energia para o crescimento e ajudam na formação de hormônios. As gorduras são alimentos muito calóricos, por isso não devem ser consumida em excesso, porque podem causar obesidade. Exemplos de gorduras: margarina, manteiga, óleos, açúcar, chocolate.
Grupo dos alimentos reguladores formado por:
- Vegetais - os vegetais fornecem fibras, vitaminas e minerais muito importante para a saúde e bom crescimento do nosso corpo. Os vegetais devem ser consumidos nas principais refeições. Exemplos de vegetais: alface, cenoura, pepino, brócolis.
- Frutas - as frutas também fornecem fibras, vitaminas e minerais para o nosso corpo. Devemos consumir diversas frutas para absorvermos todas as vitaminas que nosso corpo precisa. As frutas são boas opções para lanches, sobremesas e sucos. Exemplos de frutas: maça, laranja, uva, morango, melancia.
Grupo dos alimentos construtores formado por:
- Laticínios - os laticínios são responsável pelo crescimento e boa formação dos ossos. Exemplos de laticínios: leite, queijo e iogurte.
- Carnes, ovos e feijões - este grupo é a maior fonte de proteína na nossa alimentação. Estas proteínas são muito importante, porque ajudam no crescimento do nosso corpo. As carnes, ovos e feijões devem ser consumidas nas refeições principais, como almoço e jantar.

NUTRICIONISTA

Nutricionista
Você sabe qual é o trabalho do nutricionista?
O nutricionista é o profissional responsável por planejar programas que cuidem da alimentação, preparar dietas e cardápios, organizar e supervisionar a produção de alimentos em cozinhas de indústrias e restaurantes, além de acompanhar o regime alimentar de atletas.
Para Imprimir

Para Imprimir

Para Imprimir

ATIVIDADES DE CIÊNCIAS - ATIVIDADES ANOS INICIAIS

Olá, amigas e amigos!
Segue mais uma atividade de Ciências. Essa é sobre alimentação.
Nos anos iniciais, fundamental I, mostramos e damos exemplos do que deve ser uma boa alimentação, a importância dos alimentos que compõem nossos pratos e que o alimento deve ser visto como uma fonte de energia. Essa atividade serve para complementar esses ensinos.
Podem imprimir as atividades e podem fazer as alterações que acharem melhor. 

Atividades de Ciências - PlantasAtividade de Ciências - ÁguaAtividade de Ciências - Estações do ano


Atividades de Ciências - Alimentação
Escreva o nome dos alimentos que compõem o seu prato diário.
Peça ajuda e procure uma receita.

Atividade de Ciências - Alimentação Parte 1 - Atividade para imprimir

Atividades de Ciências - Responda
Cite três alimentos que precisamos cozinhar.
Copie os nomes dos alimentos na coluna certa.
Observe as cenas e responda.

Atividade de Ciências - Alimentação - Atividade para imprimir

Poderá também gostar de:




ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

As atividades aqui sugeridas exploram o tema “alimentação saudável”, pois é através dela que podemos prevenir ou tratar os casos  de obesidade e  desnutrição. Uma forma simples de introduzir conceitossobre alimentação  saudável é usar a pirâmide dos alimentos.

Como explicar a pirâmide dos alimentos às crianças:

·         Desenhe a pirâmide dos alimentos de modo que possa ser vista  por toda a turma. Preencha a pirâmide com desenhos de alimentos ou recortes de revista etc.
·         Quando as crianças forem menores, não adianta falar sobre os nutrientes de cada grupo. É melhor comentar as semelhanças entre os grupos de alimentos e entre alimentos de um mesmo grupo. Observe, por exemplo, que os três primeiros grupos da base da pirâmide são de origem vegetal — um deles é apenas de frutas, o outro de folhas, verduras e demais alimentos encontrados na horta, e o outro de farinhas e produtos feitos com farinha como pães e massas, além de cereais como o arroz e o milho. Os alimentos do centro da pirâmide são de origem animal (leite, queijo, carnes) e os do topo são usados esporadicamente ou diariamente, mas em pequenas quantidades, para dar gosto à comida.
·         Para as crianças maiores, já é possível falar sobre os nutrientes - o que são (substâncias presentes nos alimentos e que nos fazem ter saúde), os diferentes tipos e funções, a divisão dos grupos de alimentos, de acordo com os nutrientes etc.
·         Os princípios da pirâmide (proporção, variedade e moderação) devem ser explicados para crianças de todas as idades. Para facilitar a assimilação, o ideal é dar diversos exemplos e mostrar a aplicação desses princípios no dia-a -dia.
·         Na hora de falar sobre o princípio da proporção, observe que devemos comer alguns alimentos em maior quantidade que outros, não porque eles são mais importantes, e sim porque o nosso organismo precisa mais de alguns alimentos do que de outros.
·         Para mostrar a importância do princípio da variedade, lembre que os alimentos contêm diferentes substâncias (ou nutrientes) e que não existe nenhum alimento completo. Ou seja, temos que comer diversos tipos de alimentos para adquirirmos todas as substâncias de que precisamos (ainda bem, pois assim não enjoamos!). Também é importante variar o modo de preparar os alimentos: eles podem ser cozidos, assados, grelhados, fritos...
·         Explicar o princípio da moderação é fácil: não podemos exagerar nas quantidades, pois o excesso de alimentos prejudica o organismo. Uma das conseqüências é a obesidade.
·         Para concluir, lembre que comer de acordo com esses princípios, ou seja, com moderação, variedade e respeitando as proporções, ajuda a prevenir doenças como a desnutrição e a obesidade.
·         Explique quais são as porções de alimentos recomendadas e que as divisões da pirâmide se dão de acordo com essas porções.

Não é preciso enfatizar o número de porções de cada grupo e sim a proporção de um para outro (os da base em maior quantidade, os do topo em menor quantidade ou esporadicamente etc).

Nenhum comentário:

Postar um comentário